Trabalhadores da CPRH propõem mobilizações em defesa da data-base
04/07/2017 | 05h:58

Na quinta-feira, 29 de junho, a diretoria do Sintape realizou uma Assembleia Geral na Agência Estadual de Meio Ambiente (CPRH) para deliberar sobre o processo de negociação da campanha salarial 2017. Em votação, a maioria decidiu enviar a pauta para o Governo do Estado, solicitando uma resposta da Secretaria de Administração (SAD) para uma reunião com a categoria, até 7 de julho. Caso não haja retorno até esta data, os servidores e empregados da Agência vão se reunir com o sindicato em nova assembleia, no dia 10, para traçar planos de mobilizações.

A data-base dos servidores e empregados da CPRH é junho, mas o Governo do Estado não se manifestou e não atendeu aos ofícios do sindicato, solicitando reunião para início das negociações. Na quinta-feira, além de deliberarem sobre os passos a serem seguidos daqui por diante, face à postura do governador Paulo Câmara, a categoria fez uma panfletagem na sede, distribuindo um folheto no qual denunciam o descaso do Governo com o servidor público estadual.

“No ano passado, não houve reajuste para a categoria, e este ano, o Executivo Estadual está tentando a mesma manobra. Não vamos aceitar essa situação. A categoria vai se mobilizar e pode até parar caso não haja reação positiva por parte do Governo. O sindicato vai apoiar qualquer decisão da base e lutar para garantir seus direitos”, destacou o presidente do Sintape, Adailton Melo.

Na mesma assembleia, o pessoal da Agência também decidiu participar do ato chamado para as centrais sindicais, que aconteceu na sexta-feira, 30 de junho, contra as reformas trabalhistas e previdenciária.

Sindicato forte depende da união da base!

Redação Sintape

0 Comentários

Deixe o seu comentário!